A derradeira prova do amor não tem data marcada, e o Felizes.pt diz-lhe como saber quando está pronto para dizer “Amo-te” à sua cara-metade.

Não há uma regra mágica e infalível para saber quando é a altura ideal para transmitir esta palavra carregada de sentimento. Tal como não há uma resposta certa para saber quando se está apaixonado, pois é algo que se sente e que se diz consoante o instinto e feeling do momento. Da mesma forma que não dá para saber quando um parceiro sente o mesmo - é a chamada prova cega!

Ainda assim, existem alguns sinais a ter em conta para se ter algumas certezas de que se está com a pessoa certa e que há grandes possibilidades de se ouvir um “Eu também te amo” de volta. Se o parceiro ou parceira não aguenta sem contar a última história divertida do seu dia, e se têm sempre tema de conversa, o caminho está traçado!

Além disso, se os dois conseguem viajar sem discutir, estar em silêncio sem ser constrangedor e aceitar feedback construtivo quando não estão 100% de acordo, é meio caminho andado para uma relação longa e duradoura em que ambos se sentem confortáveis e bem na relação para avançar para o “I love you!”.

Existem alguns marcos importantes que precisam de ser ultrapassados enquanto casal para se avançar para o “Amo-te”. É o caso se a despedida já é com um “Adoro-te” ou um “Gosto de ti!”, e então o próximo passo pode ser uma palavra mais séria. Mas só é aconselhável dizer isto a uma cara-metade se estiverem ambos confortáveis em não ser recíproco no mesmo momento - cada pessoa tem o seu tempo e estas palavras podem ser marcantes na vida do casal.

No caminho para o amor não há uma relação igual à outra, por isso, o ideal é escolher o momento certo, já que idealmente se deve dizer primeiro num momento mais caloroso e íntimo, em vez de por mensagem ou sob pressão, por exemplo.

E uma última coisa - cuidado com os estereótipos já que pessoas nos 40s e 50s podem entender que quem diz primeiro é o homem, isso já não é igual para gerações mais jovens em que qualquer um dos dois membros do casal pode dar o primeiro passo.

No final do dia, o que importa é que gostem um do outro, e este não é nem deve ser um momento de epifania da relação, o que importa é que uma relação amorosa implica trabalho, dedicação e amor para resultar…

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.