A Zippy prepara-se para começar a vender luvas solidárias que podem ser usadas em simultâneo por pais e filhos. As luvas, para adultos, disponíveis em vermelho e cinzento, integram uma pequena bolsa onde os mais pequenos podem enfiar as mãos para se aquecer. A ideia, desenvolvida e materializada no último mês, foi inspirada num trauma de infância de Filipa Bello, diretora criativa da marca de moda infantil.

"Nós éramos cinco irmãos e eu nunca tive direito à mão dos meus pais. Quando atravessávamos a passadeira, por exemplo, eles davam-na sempre aos mais novos", admitiu esta manhã a responsável pelo produto, durante a apresentação de "Gloves", o novo projeto de responsabilidade social da etiqueta à imprensa. As novas luvas solidárias da Zippy, que vão estar à venda a partir de dia 5 de dezembro, custam 9,90 €.

Desses, 1 € reverte a favor da Make-A-Wish Portugal, uma organização que em 10 anos já realizou 1.140 sonhos de crianças doentes em Portugal. "Vão estar 6.000 luvas à venda, agora no período do Natal, em todas as lojas físicas da marca e online. Acho que as vamos conseguir vender todas", acredita Filipa Bello. Nos dias 1 e 2 de dezembro, os mais ansiosos podem adquiri-las em exclusivo no Winter Market Stylista, em Lisboa.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.