Em comunicado, a autarquia explicou que por cada nascimento são atribuídos 1.000 euros e que, depois, há mais 300 euros por ano até à entrada na escola primária, desde que o façam em instituições de ensino do concelho.

O município acrescentou que outro objetivo é apoiar os comerciantes, “uma vez que os valores atribuídos têm que ser gastos no comércio do concelho, sendo esta mais uma forma de dinamizar a economia local”.

O programa teve início em 2021, com uma dotação financeira de 50 mil euros. Este ano são mais 10 mil euros, 19 mil são destinados a nascimentos.

Atualmente, o programa abrange 102 famílias e 122 crianças.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.