A notícia está a percorrer o mundo inteiro e vem de um dos países mais desenvolvidos do mundo.

Um rabi informou na semana passada todos os pais da comunidade religiosa de Nahlaot, em Jerusalém, de que devem proibir as filhas, a partir dos cinco anos, de andar de bicicleta.

"Informamos que os pais têm de proibir as filhas, a partir dos cinco anos, de agirem desta forma indecente", lê-se no documento citado pelo Arutz Sheva.

O problema, para este judeu ultraortodoxo, está na maneira como as meninas ficam sentadas num selim de bicicleta, que pode provocar os homens.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.