O japonês Mitsutoki Shigeta é filho de um magnata rico e está envolvido num escândalo na Tailândia, porque ter-se-á aproveitado de um vazio na legislação daquele país para conseguir 13 filhos a partir de barrigas de aluguer.

O negócio das barrigas de aluguer cresceu nos últimos anos na Tailândia, aproveitando um vazio jurídico. Após a polémica, o país aprovou uma lei para proibir a prática entre os estrangeiros.

Como dormem os casais que estão à espera de bebé?
Como dormem os casais que estão à espera de bebé?
Ver artigo

"Pela felicidade e oportunidades que as 13 crianças receberão do pai biológico — que não tem um histórico de mau comportamento — o tribunal determina que sejam os filhos legais do requerente", anunciou o tribunal de menores de Banguecoque.

Escândalo rebentou em 2014

Mitsutoki Shigeta provocou um escândalo em 2014, quando a polícia tailandesa anunciou que amostras de ADN o ligavam a nove bebés encontrados num apartamento de Banguecoque, onde moravam com as mães de aluguer. Os investigadores relacionam-no ainda com outros quatro bebés nascidos da mesma forma.

O advogado do japonês afirmou que entrará em contacto com o Serviço Social tailandês, responsável pelas crianças desde a explosão do escândalo em 2014, para tomar conhecimento dos próximos passos antes de recuperar a custódia.

Na mesma época do caso de Shigeta, que não viajou à Tailândia para responder às perguntas dos investigadores, um casal australiano provocou grande indignação entre a opinião pública ao entregar seu bebé com síndrome de Down à gestante de substituição tailandesa.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.