O mercado da educação está a mudar. A rápida evolução tecnológica, acelerada pela pandemia, levou a que novos modelos de ensino tenham vindo a ganhar um grande destaque. É o caso dos cursos online, cuja procura e oferta aumentaram consideravelmente nos últimos anos.

No entanto, apesar da procura crescente por estas soluções de ensino mais flexíveis, não é suposto que estas substituam o modelo de ensino tradicional, mas sim que coexistam com ele, disponibilizando novas alternativas sem as mesmas limitações.

De acordo com CEO da Hotmart, João Pedro Resende, estas são as 5 principais tendências que vão marcar o futuro da educação.

Ensino online

O ensino online é uma das principais tendências da educação do século XXI. Isto porque apresenta uma alternativa fácil a algumas das limitações do modelo de ensino tradicional, como os custos elevados para as instituições e alunos, a longa duração da formação, as limitações geográficas e a facilidade com que os profissionais se tornam obsoletos para as novas funções que surgem com os avanços da tecnologia.

Educação descentralizada

O ensino do futuro deverá ser mais descentralizado, dando a cada aluno a oportunidade de aprender ao seu próprio ritmo, de forma adaptada às suas necessidades e sem limitações geográficas.

Ensino “de baixo para cima”

As tecnologias de ensino online permitem que mais pessoas ensinem e partilhem conhecimento, além de darem aos professores acesso a ferramentas e materiais didáticos de qualidade.

Aprendizagem em comunidade

A educação do futuro será baseada na construção de comunidades onde estudantes e professores se ajudam mutuamente e constroem conhecimentos em conjunto, de forma colaborativa.

Coexistência do ensino tradicional e do ensino online

Segundo o CEO da Hotmart, o futuro da educação reside num modelo capaz de combinar o melhor do ensino presencial e do ensino online. Desta forma, os dois modelos deverão coexistir, pelo que o ensino online irá desempenhar um papel importante para ajudar a democratizar o acesso ao conhecimento.

Neste sentido, a educação do século XXI deverá ser pautada, cada vez mais, por um modelo de ensino descentralizado e horizontal, em simultâneo com o tradicional das escolas e instituições de ensino superior.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.