O Museu do Oriente organizou um conjunto de atividades para celebrar o Ano Novo chinês. A 23 de janeiro comemora-se a entrada no Ano do Dragão, animal que rege este ano lunar. “A lenda de Buda e dos 12 animais do zodíaco” é uma oficina para crianças que irá contar a lenda de Buda e dos animais que com ele celebraram o ano novo. Como apenas apareceram 12 animais da floresta, Buda, sensibilizado com a sua presença, decidiu compensá-los atribuindo, a cada um, um ano do calendário lunar. O ateliê decorre nos dias 7 e 21 janeiro. A 21 janeiro a oficina “Um Dragão por companhia” vai revelar as diferenças na forma como as civilizações ocidentais e orientais encaram o dragão. Em início de ano confiado a este signo, os participantes deste ateliê são desafiados a compor um longo dragão recorrendo à arte milenar do recorte de papel. A comemoração do novo Ano Novo Lunar é ainda marcada por visitas orientadas, ao núcleo da China da exposição Deuses da Ásia, nos dias 20 e 23 janeiro. Na “véspera” do ano novo chinês, a 22 janeiro, terá lugar a oficina sobre xilogravuras. Muito utilizadas para decorar as casas, as xilogravuras eram, inicialmente, consideradas como tendo poderes para afastar o mal.
2 de janeiro de 2011

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.