A presidente da autarquia, Teresa Cardoso, garante que os estabelecimentos de Vila Nova de Monsarros e de Aguim "poderão entrar em funcionamento ainda no decorrer do primeiro período", caso o Agrupamento de Escolas de Anadia considere que "se encontram reunidas as condições para tal".

No caso Escola EB1 de Tamengos, a autarca avança que "o prazo de execução das obras termina no final do mês de dezembro", assegurando que "poderá entrar em funcionamento no decorrer do segundo período".

As três escolas têm um conjunto de 173 alunos (36 em Vila Nova de Monsarros, 67 em Aguim, e 70 em Tamengos).

Os próximos estabelecimentos de ensino do concelho a receber melhoramentos deverão ser as escolas EB1 de Mogofores e da Moita, cujos "projetos de intervenção estão a ser preparados", adianta a autarca.

As intervenções têm como objetivo "dotar os edifícios de melhores condições de conforto e de segurança, tornando aqueles espaços mais aprazíveis para as respetivas comunidades educativas".

Com um valor global superior a um milhão de euros, as intervenções passam pelas obras nos edifícios e pela requalificação do equipamento (informático e mobiliário) necessário para atividade escolar.

Este valor é suportado, na sua maioria, pelo orçamento camarário, à exceção do projeto da Escola EB1 de Aguim que "terá uma comparticipação de cerca de 200 mil euros, no âmbito de uma candidatura apresentada pelo município aos Fundos Comunitários do Centro 2020", esclarece Teresa Cardoso.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.