A notícia é avançada pelo jornal Público.

O número de estudantes com bolsas de ação social que desistem do ensino superior é três vezes menor do que entre os estudantes que não tiveram qualquer apoio para estudar. A conclusão consta de um relatório da Universidade de Évora, que estudou as causas do abandono escolar nos últimos três anos.

Nesse período, cerca de 20% dos estudantes que entraram naquela instituição de ensino superior acabaram por não completar os estudos.

De acordo com o documento, 5,4% dos alunos que recebiam bolsas de ação social abandonaram os estudos, ao passo que, entre os alunos que não tiveram apoios sociais, esse valor subiu para os 15,1%.

A percentagem de estudantes que desistem do ensino superior é mais baixa nas licenciaturas (12,6%) e mestrados integrados (13,5%), aumentando nos níveis de estudo seguintes: 30,7% dos alunos de mestrados e 27,9% dos estudantes de doutoramento.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.