Durante nove meses sentiu que o seu cabelo esteve fantástico e agora que o seu bebé nasceu parece que ele perdeu a vitalidade e cai às centenas? Tranquilo: é normal! Esta queda é muito comum e terminará quando as hormonas voltarem a sossegar. A queda de cabelo afeta praticamente todas as mulheres que estão a amamentar, mas também aquelas que não amamentam, embora estas sejam um pouco menos afetadas.

Durante a gravidez os cabelos estão cheios de vida e volume, mas com a diminuição na produção de progesterona e o stress após o parto - horas a menos de sono e nutrição sendo sugada pelo leite, a recém-mãe pode se assustar com a velocidade da queda dos fios. Normalmente, uma mulher adulta perde entre 100 e 125 fios por dia. No entanto, nos meses após o nascimento do bebé, algumas mulheres perdem até 500 fios nas mesmas 24 horas. Essa readequação hormonal do período, em que há uma queda brusca na produção de progesterona, aliada ao possível estresse pós-parto contribui para o enfraquecimento e queda acentuada dos fios.

É a progesterona, principalmente, que prepara o corpo para gravidez e também contribui para a saúde dos cabelos e da pele. Depois do parto, essa produção hormonal, começa a voltar ao normal, sendo necessária uma alimentação bem rica e diversificada para prover todos os nutrientes que requer a saúde do bebé e também repor a dos fios.

Veja ainda: Diastáse no pós parto

6 Estratégias para combater a queda de cabelo:

1 - Comer de forma variada e nutritiva

Aumentar o consumo diário de nutrientes é o segredo e por isso, a mulher deverá ter uma alimentação saudável e equilibrada, variando constantemente o menu. Uma boa dica é não aproveitar as sobras do almoço para o jantar. Isto vai fazer com que cada refeição seja diferente da outra, aumentando o teor nutritivo das refeições.

Você deve investir nos alimentos ricos em:

Proteínas como ovos, carnes, leite e iogurte

Vitamina A como cenoura crua e espinafres

Ferro como feijão e beterraba

Estes alimentos favorecem o crescimento do cabelo além de deixá-los mais firmes e fortes.

2 - Tomar vitaminas e sumos fortificados

Tomar diariamente 2 ou 3 copos de sumo de frutas com legumes, pois além de resultar num sumo com uma maior quantidade de nutrientes, a sua quantidade é menor e não causa má digestão.

3 - Usar produtos para cabelos frágeis

Usar shampô, condicionador e sérum para queda de cabelo, usando marcas de boa qualidade. Ampolas de vitamina A também podem ser usadas para manter o cabelo bonito e hidratado, no entanto, a vitamina A é mais eficaz quando é consumida em forma de alimentos.

4 - Só lavar o cabelo 3x por semana

Evitar lavar e escovar os cabelos mais de 3 vezes por semana ajuda a evitar a perda dos fios capilares. Além disso, o ideal é usar sempre um pente largo para pentear o cabelo e desfazer nós. A queda de cabelo pára naturalmente, é preciso ter paciência e nesta fase aconselha-se evitar o uso de chapas para alisar o cabelo ou secadores, assim como permanentes ou relaxamentos, mesmo que não esteja a amamentar, pois o fio de cabelo está mais frágil e quebradiço, necessitando de mais cuidado.

5- Tomar remédios para a queda de cabelo

Por vezes, quando a queda de cabelo é muito forte e deixa até mesmo falhas no meio do cabelo, o dermatologista poderá indicar um suplemento de ferro, porque a anemia comum durante a gravidez e pós-parto também gera queda de cabelo.

6 - Mantenha o seu couro cabeludo limpo e sem oleosidade

Alguns produtos químicos podem provocar uma obstrução do folículo, endurecer o cabelo e debilitar o crescimento. Escolha produtos formulados com ingredientes ativos à base de plantas, com ações específicas para o cuidado do cabelo em processos de queda.

Veja mais:  As perguntas que todas as grávidas querem fazer antes e depois do parto

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.