A dor nas costas durante a gravidez ocorre tipicamente na zona lombar e sagrada, e na articulação sacro-ilíaca (onde a pelvis se une à coluna).

Isto acontece na maioria das grávidas especialmente a partir do 2º trimestre, com o deslocamento do centro de gravidade para a frente e consequente alteração da postura e movimento para uma adaptação ao aumento de peso do bebé e do útero.

Além disso, existem vários factores que contribuem em simultâneo para o apare-cimento destas dores, entre os quais: ganho de peso, alterações hormonais, sepa-ração da musculatura abdominal, stress emocional, entre outros.

A coluna tem de suportar o aumento de peso, a produção da hormona relaxina promove o relaxamento de estruturas de suporte como os ligamentos e as articula-ções o que leva a instabilidade e dor, a diástase (afastamento) dos músculos rectos abdominais pelo aumento do útero agravam a dor e o stress emocional em alguns períodos da gravidez pode agravar a tensão nas costas.

Este é um problema que pode interferir nas suas actividades da vida diária ou até mesmo impedir uma boa noite de sono. Mas a boa notícia é que existem alguns passos que pode seguir para aliviar a dor que tem sentido.

1. Melhore a sua postura.
Estas indicações da postura típica de uma grávida pode ajudar a compreender as alterações posturais mais comuns e de que forma pode corrigir para tentar contrariar a sua tendência natural.

Má postura

CABEÇA
Queixo para a frente e olhar para baixo

OMBROS E TRONCO
Andar encurvada restringe o movimento da caixa torácica, o que dificulta a respiração e induz náuseas

ABDOMINAIS, GLÚTEOS E UTERO
Músculos fracos permitem um aumento da curvatura lombar e rotação da pélvis para a frente que podem provocar dor nas costas, estiramento dos abdominais e excesso de pressão na bexiga

JOELHOS
Se estiverem demasiado esticados colocam a articulação em sobrecarga e empurram a pelvis para frente

PÉS
O peso no bordo interno dos pés coloca o arco plantar e os gémeos em tensão e provoca dor nas pernas

Boa Postura

CABEÇA
Auto-alongamento, queixo para cima e orelhas alinhadas com os ombros

OMBROS E TRONCO
Trazer os ombros para baixo e para trás enquanto eleva a caixa torácica

ABDOMINAIS, GLÚTEOS E UTERO
Contrair abdominais, apertar o rabo, osso púbico ligeiramente para frente de forma a equilibrar a pelvis

JOELHOS
Dobrar ligeiramente os joelhos para aliviar o peso do corpo

PÉS
Distribuir o peso do corpo entre os pés

Corrigir a postura enquanto trabalha, sentada, ou mesmo a dormir é um bom começo.

2. Pratique exercício.
Sim, está grávida e sim, pode exercitar-se desde que seja acompanhada por um profissional habilitado para a pratica de exercício adaptado a cada fase da sua gravidez.

O treino regular fortalece e ajuda a preparar toda a musculatura envolvida na gra-videz e parto, e desta forma alivia também a sobrecarga na sua coluna.

3. Fisioterapia.
Quando aplicada correctamente, a fisioterapia recorre a várias técnicas que podem trazer muitos benefícios ao alívio de desconfortos, como a dor de costas, durante a gravidez. Se sentir necessidade, procure um profissional especializado na área de Saúde da Mulher para garantir um bom acompanhamento e aconselhamento.

4. Acupunctura
É uma disciplina da medicina tradicional chinesa, com utilização superficial de agu-lhas na pele, que pode aliviar os desconfortos e sintomas de dor durante a gravidez com eficácia e segurança. Para isso deve consultar um profissional competente e especializado na área que a possa ajudar.

As dores de costas não têm que acompanhá-la na gravidez! Cuide de si! Procure ajuda profissional e tenha uma gravidez mais tranquila.

Autora: Mariana Pereira
Fisioterapeuta, especialista em Saúde da Mulher na gravidez e pós-parto

www.centrodobebe.pt
facebook.com/centrodobebe

 

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.