1 – Aceite ajudas externas. Um dos primeiros conselhos que os futuros pais de gémeos estão habituados a ouvir é: «Peçam ajuda». Quem o diz é Rita Cardoso, mãe de gémeos e autora do livro Sim, São Gémeos (Fonte da Palavra, Junho de 2012). Segundo a autora, quando os pais fazem tudo sozinhos, é-lhes exigida uma dedicação única e exclusiva aos bebés, o que pode trazer consequências para a autoestima da mãe ou bem-estar do casal.

2 – Saiba gerir as ajudas dos outros. «As ajudas são importantes, mas têm de ser bem doseadas», aconselha Rita Cardoso. Os pais devem colocar limites quando sentem que os familiares «ultrapassam a barreira da intimidade do casal e da família». Por outro lado, os avós e outros familiares «devem saber ver quando estão a mais, e reconhecer e aceitar» a postura dos pais.

3 – Crie as rotinas em conjunto. A autora aconselha os pais a criar estratégias para superar as suas principais dificuldades. Uma solução pode passar pela criação de rotinas dos dois (ou mais) bebés em conjunto, como mudar a fraldas, vestir e alimentar. No futuro, encorajar os gémeos para que desde cedo façam tarefas em simultâneo, como lavar os dentes, vestir-se e ir para a cama.

4 – Desfrutem a maternidade. «No primeiro ano estamos desejosos que o tempo passe e esquecemo-nos de apreciar a maternidade. Olhamos para trás e pensamos que não nos lembramos de estar com os nossos filhos ao colo ou de simplesmente sentirmos o cheiro deles.» E conclui: «Apreciem o mais possível cada momento.»

Texto: Ana Margarida Marques

Siga este e outros temas sobre gravidez no Facebook A Nossa Gravidez.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.