Garantir os cuidados de higiene diária das crianças é uma das missões de todos os pais, mas este é um desafio que deve ser partilhado em família, mostrando aos mais novos como é importante a adoção de determinados hábitos.

São várias as estratégias que podem ser utilizadas e uma delas pode passar por implementar uma ideia a cada dia da semana.

Assim, a Lactacyd, marca de higiene íntima em Portugal, sugere sete ideias que não devem ser esquecidas na rotina.

1. Evitar manter a roupa molhada no corpo

Praticar desporto é fundamental para o desenvolvimento e bem-estar das crianças, mas é necessário ter alguns cuidados após a prática desportiva. É importante garantir que a roupa húmida devido à transpiração é retirada do corpo e trocada por novas peças.

O mesmo se aplica em atividades como a natação, depois da qual deve ser retirado o fato de banho molhado e utilizada roupa interior seca.

2. Comprar roupa interior de algodão

A escolha da roupa interior é tão importante como a seleção de produtos de higiene a utilizar. Assim, a escolha deve sempre recair em peças 100% de algodão. A compra de roupa interior pode ser feita em conjunto com as crianças, dando-lhes oportunidade de escolherem as suas favoritas.

3. Utilizar produtos específicos para a higiene íntima

Da mesma forma que se escolhem produtos adequados para os dentes, o rosto ou o cabelo, é essencial a utilização de produtos adequados na higiene íntima e que estes estejam acessíveis e visíveis na banheira. Estes produtos são formulados com um pH específico para a zona íntima, evitando desconfortos e irritações.

4. Lavar os dentes a cada refeição

A higiene oral não pode ser descuidada, por muito que surjam reclamações na hora de lavar os dentes. Escolher uma pasta e escova de dentes adequada é o primeiro passo. Depois, o desafio é encontrar dinâmicas em família que promovam este hábito, como irem lavar os dentes todos ao mesmo tempo. A escovagem dos dentes deve acontecer duas vezes por dia.

5. Cortar as unhas

As unhas devem ser mantidas curtas para evitar a acumulação de bactérias e outras substâncias que podem facilmente acumular-se durante as brincadeiras do dia a dia. Esta é uma forma simples de manter as mãos e pés mais limpos, e uma tarefa rápida de realizar.

6. Lavar as mãos

As crianças passam muito tempo no chão, a tocar em vários objetos com as mãos que acabam por ir à boca variadas vezes. As mãos são uma das zonas do corpo das crianças às quais se deve dar mais atenção. Devem ser mantidas limpas para garantir que não acumulam bactérias e que estas não passam depois para a via oral. Contudo, é essencial deixar as crianças brincar e descobrir novas sensações.

7. Limpar da frente para trás

Até nas idas à casa de banho é possível ensinar e incutir pequenos detalhes que fazem toda a diferença. Um deles está no momento de limpeza, que deve ser realizado de forma delicada, da frente para trás para evitar a passagem de bactérias para a zona da vulva e vagina.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.