Yoko Ono reuniu terça-feira no Central Park, Nova Iorque, políticos, estudantes e ativistas para fazerem o símbolo da paz com a participação de milhares de pessoas e assinalar o 75.º aniversário do nascimento de John Lennon.

O evento reuniu cerca de 2.000 pessoas de diferentes idades e nacionalidades.

"Com tudo o de negativo que acontece no mundo é importante para mim fazer o que posso para promover a paz na minha comunidade", disse Isabel Goodman, que participou no evento.

O antigo cantor dos Beatles e a mulher, Yoko Ono, são lembrados pelos seus esforços para promover a paz.

Com a iniciativa de hoje, a viúva de John Lennon tentou também entrar no Guiness.

No entanto, segundo a organização Guiness, eram precisos pelo menos 5.500 participantes a formar o símbolo.

Aos participantes, Yoko Ono disse que a sua participação era uma grande homenagem a Lennon.

"Este é a melhor prenda para John", acrescentou.

John Lennon foi assassinado a 08 de dezembro de 1980 em frente ao edifício Dakota, próximo do Central Park, onde morava.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.