O nome de Meryl Streep tem vindo a ser noticiado na sequência de algumas polémicas relacionadas com Harvey Weinstein e a onda de denúncias de casos de assédio e abuso sexual em Hollywood.

No entanto, e ao contrário das razões pelas quais Meryl tem vindo a ser criticada, esta quarta-feira a atriz mostrou-se algo indignada pela utilização do seu nome por Harvey Weinstein durante o processo judicial.

O produtor encontra-se a responder judicialmente pelos crimes e terá utilizado a atriz como exemplo por esta ter referido nunca ter sido vítima de qualquer situação constrangedora causada por Harvey.

“Os advogados do Harvey Weinstein usaram a minha declaração em que digo que ele nunca foi abusador ou teve comportamentos sexuais na nossa relação profissional como prova de que não é abusivo com OUTRAS mulheres. É ridículo”, afirmou Meryl ao Deadline.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.