Chrissy Teigen revelou que insultou, sem querer, Katy Perry e uma das suas músicas - 'Firework'. Tal aconteceu durante a cerimónia de tomada de posse do presidente dos Estados Unidos, Joe Biden e ainda de Kamala Harris.

Na altura, Teigen também se encontrava em Washington D.C. uma vez que o marido, John Legend, foi convidado para atuar na ocasião.

"Lembro-me que estava tão assustada por termos encontrado a Katy Perry", afirmou à conversa com Jimmy Fallon no 'Tonight Show'. "Fico nervosa e digo disparates e eu não via a Katy há muito tempo", continua.

"Foi do género, 'normalmente odeio fogo de artifício, mas foi incrível, foi lindo'. Acho que ela me ouviu a dizer que odiava a 'Firework' [nome da música de Katy Perry e fogo de artifício em inglês]. Queria morrer, senti-me tão mal", revelou.

Um pequeno mal entendido que foi facilmente resolvido.

Leia Também: Katy Perry 'apanhada' durante passeio com a filha

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.