O milionário norte-americano Donald Trump ganhou uma ação legal de 5 milhões de dólares contra Sheena Monnin, ex-Miss Pensilvânia.
 
Em junho, Sheena abdicou da coroa e afirmou publicamente que o concurso  de Miss Estados Unidos era uma farsa e que as cinco finalistas já haviam sido decididas antes da disputa começar.
 
Sheena qualificou a organização do concurso de “fraudulenta, desprezível e imoral”, despertando a ira do principal promotor do concurso, Donald Trump, que juntou os seus advogados contra a beldade.
 
O juiz entendeu que Sheena difamou a organização e estipulou que a ex-Miss deverá pagar 5 milhões de dólares por danos morais.

Trump, que ficará um bocadinho mais rico, já cantou vitória: “Não podemos deixar que uma participante faça depoimentos falsos e irresponsáveis, que prejudicam as muitas pessoas que dedicaram as suas almas ao Miss Universo, Miss USA e Miss Teen USA", disse o empresário.
 
"Apesar de me sentir muito mal por Sheena, ela fez algo errado. Não tivemos escolha. Esta é uma lição cara que ela pagou", concluiu Trump.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.