Depois das declarações polémicas sobre a igreja católica, José Carlos Malato voltou a partilhar novas opiniões, desta vez sobre o envelhecimento e o papel da televisão.

"Tanta gente feliz. Tanta gente maravilhosa. Tanta gente a mostrar o corpo como num talho. Tanta gente velha a querer parecer nova. Tanta gente com relações felizes. Tanta gente magra. Tanta gente com vidas fabulosas. Tanta gente mentirosa", pode ler-se numa primeira publicação de José Carlos Malato, nas stories da sua página de Instagram.

"Há gente que endromina o povo com uma felicidade plástica. E isso aumenta a frustração de quem não consegue ser como el@s, nós. Há uma reflexão a fazer. E, sobretudo, há que ter vergonha na cara. E noção da responsabilidade. Um dia a coisa acaba. Piara todos, gradualmente. Estamos todos a ficar velhos. Essa é a verdade. Vale a pena pensar nisto", continuou.

“Estamos todos a ficar velhos. Por mais botox que ponhamos. Ou a televisão muda de paradigma ou estamos todos fora, não tarda muito. Ninguém diz nada sobre o assunto, mas todos pensamos, sofremos no íntimo’ com isto. Ou sou eu que sou maluco?!”, lê-se numa outra publicação.

Leia Também: "Só a igreja não sabe que padres têm perfis em sites de engate? Acordem"

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.