Foi no dia 10 de outubro de 2016 que Shailene Woodley, conhecida pela interpretações nos filmes 'A Culpa é das Estrelas' e 'Divergente', foi presa.

A artista estava a participar num protesto em Sioux County, na Dakota do Norte, quando foi levada pelas autoridades. Um momento que recordou agora, revelando alguns pormenores sobre esse dia.

“Tive que ficar sem roupa. Mandaram-me tirar a roupa, agachar, e fazer força nas nádegas. Eles estavam à procura de droga no meu rabo”, contou a atriz à revista Marie Claire, sobre o momento em que chegou à prisão de Morton. “Quando estas presa e eles fecham a porta, tu percebes que ninguém te pode salvar. Se houver um incêndio e eles não te abrirem a porta, tu morres. É como um animal numa jaula”, acrescentou.

Um momento marcante que ficou muito presente na sua memória. Aliás, este ano já desligou o telemóvel durante três meses por causa dos sintomas de stress que surgiram após os protestos de Standing Rock. “Fiquei traumatizada. Um pouco deprimida”, afirmou.

Depois desta fase menos boa, a atriz está agora concentrada no seu trabalho no mundo da representação.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.