O 'Big Brother' está de volta e com um leque de 18 concorrentes que prometem estar nas bocas do mundo durante os próximos meses.

Entre os participantes encontramos as mais diversas personalidades e histórias de vida. Começando num pastor, passando por uma miss e culminando na estreia de uma participante de etnia cigana num formato do género.

Sandrina tem 21 anos, vive com os pais em Moura e é com orgulho que assume ser filha de pai cigano.

"Aos 12 anos, já tinha noivo", confessou, explicando que recusou o casamento e escolheu ter uma vida diferente.

Na sua grande estreia, a jovem alentejana revelou que as 17 anos saiu de casa, contra a vontade do pai, para estudar em Lisboa. Tirou o curso de cabeleireira e atualmente tem o seu salão em Moura.

Afirma querer acabar com o preconceito contra os ciganos, até porque também ela já foi vítima desse mesmo preconceito. Ainda em adolescente namorava e vivia com um jovem, até que a mãe do rapaz descobriu que esta era de etnia cigana e a expulsou de casa exigindo o fim da relação. Um episódio marcante que não a fez desistir de ser uma mulher livre de preconceitos.

Leia Também: Concorrente do 'Big Brother' gera polémica: "Sou um bocadinho homofóbico"

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.