Salma Hayek, de 54 anos, lembrou o início da sua carreira como atriz e o preconceito de que foi alvo pelo facto de ter nacionalidade mexicana.

A atriz chegou a ouvir por parte de outros colegas e pessoas do meio que nunca teria um "papel principal em Hollywood".

"Primeiro, disseram-me que um mexicano nunca iria sobreviver porque, na época, era impossível para um mexicano ter um papel de destaque em Hollywood", lembra.

Agora, dona de uma carreira de sucesso, Salma Hayek mostra-se "orgulhosa" da sua jornada e da forma como "lutou" contra todos os que não acreditavam em si.

"Acho isto ótimo, estou orgulhosa. Quero gritar ao mundo que me disseram que isto não poderia acontecer e quase acreditei, mas eu lutei. Lutei e venci. E quero que outras mulheres percebam isso. É uma coisa linda", termina, encorajando outras mulheres a, tal como ela, lutarem pelos seus sonhos.

Leia Também: Filho de Katie Price fez reação à vacina da Covid-19 e foi assistido

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.