Na sequência de uma notícia sobre dois idosos que tinham fugido do lar para ir ao maior festival de metal do mundo, na Alemanha, Rogério Samora decidiu partilhar com os seguidores uma história sobre o progenitor.

“Conto-vos um segredo: O meu pai está numa casa de saúde/lar há alguns anos. Infelizmente!Desistiu após a morte da minha mãe. Aceito e compreendo! Escolheu viver o resto dos seus dias da maneira mais difícil mais dolorosa! Ainda está vivo! E que assim se mantenha por muitos anos é o que eu desejo! Um dia fugiu do lar, foi enfiar-se na casa da namorada/amante. Que podia eu fazer?!? Nada! GNR, etc… Voltou para o Lar”, contou no Facebook.

Mas não ficou por aqui. Além do comentário em que fala do progenitor, Rogério Samora confessou ainda que quando era jovem “fugiu” de casa, revelando o motivo que o levou a tomar essa decisão. “Eu também fugi de casa tinha 14 anos para ir acampar e fumar charros! Coisas de putos/adolescestes rebeldes! Levei umas boas cinturadas do meu pai”, disse.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.