Ricardo Carriço foi um dos convidados do último programa da RTP1 ‘5 Para a Meia Noite’. Um dos assuntos que abordou à conversa com Filomena Cautela foi o consumo de drogas que marcou a sua vida, conforme confessou no livro autobiográfico 'A Verdade de Cada Um', lançado recentemente.

“Eu sou daquela geração em que não íamos ao supermercado, havia sempre alguém da família que vinha lá da terra e que trazia os legumes com sabores naturais”, começa por explicar. “As drogas hoje em dia, desculpem lá o termo, são uma merda. Aquilo está tudo rebentado, adulterado. Esqueçam”, avisa.

Veja o vídeo:

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.