A má relação de Meghan Markle com o pai, Thomas Markle, era um assunto que a rainha Isabel II não ignorava. Aliás, de acordo com a especialista em realeza Katie Nicholl, a monarca terá incentivado a mulher do príncipe Harry a fazer as pazes com o progenitor.

No seu livro, 'The New Royals', Katie Nicholl escreve: "A rainha via o quão prejudicial era a situação entre a Meghan e o seu pai, por isso falou com a Meghan sobre isso e tentou incentivá-la a conversar com Thomas".

Uma fonte real contou a Katie que a falecida rainha sentiu que "as coisas com Thomas não foram feitas da melhor maneira e que se tivesse sido diferente, o resultado teria sido melhor".

De recordar que Meghan já não vê o pai desde 2018, quando se casou com o príncipe Harry.

Leia Também: Meghan Markle "pensava que iria ser a Beyoncé do Reino Unido", diz fonte

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.