O príncipe Harry vai ser transferido para Gila Bend, uma cidade no Arizona, nos Estados Unidos, para continuar a receber treino militar em solo americano e, apesar de ainda não ter chegado, já está a provocar algum alvoroço.

O presidente desta pacata cidade de cerca de 2 mil habitantes já alertou o fogoso irmão de William para controlar os seus excessivos apetites por certos prazeres da vida, como álcool e mulheres.

“Nós somos uma cidade tranquila, cristã, cujos pais não iam gostar de saber que um príncipe passou a noite a ter relações com as suas filhas e a beber por aí”, disse o chefe camarário.

Ron Henry recomendou, ainda, que o príncipe Harry faça passeios pelo deserto, para poder usufruir das paisagens e do ambiente tranquilo.

Quando questionada pelo jornal britânico “The Telegraph” sobre o que pensam as mulheres da chegada do filho mais novo de Carlos e Diana à cidade, Renee Vidana, de 38 anos, assumiu que "muitas raparigas da cidade dariam tudo para conhecer um príncipe". 

Recorde-se que Harry tem treinado em condições semelhantes às que enfrentará no Afeganistão, local para onde irá dentro em breve, integrado numa companhia das Forças Armadas Britânicas.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.