Foi um dos locutores que participaram na RFM Royal Caribbean Selfie Trip, uma viagem que levou um grupo de profissionais da RFM, convidados e vencedores de um passatempo a Miami, nos EUA, para embarcar num navio de cruzeiro rumo às Caraíbas para uma experiência inesquecível. Em entrevista ao Modern Life/SAPO Lifestyle no final da viagem, o apresentador, locutor, guionista, ator e humorista fez um balanço.

Pegando na descrição que tem no seu perfil no Instagram, na rádio, na televisão, a correr e agora, no início desta semana, também a viajar por Miami e pelas Bahamas. Como é que foi essa experiência?

Muito boa! Foi a minha primeira experiência num cruzeiro, pelo menos desta dimensão. Ainda só tinha feito aquele cruzeiro que liga o Funchal a Porto Santo [na Madeira] e, se é que podemos fazer um balanço, é que este cruzeiro não balança, ao contrário desse primeiro que eu fiz... [risos]

Cuca Roseta a banhos nas Bahamas. Fotografias exclusivas
Cuca Roseta a banhos nas Bahamas. Fotografias exclusivas
Ver artigo

Isso, para mim, é ótimo, que eu sou de enjoo fácil mas isto aqui é incrível. Sentes-te como se estivesses numa cidade flutuante e, se não olhares pela janela, nem sequer te dás conta de que estás em mar alto. Isso foi uma grande surpresa para mim! Depois, a grande variedade de espaços deste navio [Mariner of the Seas da Royal Caribbean]. Tem um casino, restaurantes, bares, lojas, uma rua que só lhe falta estar a céu aberto para ser uma rua de verdade. Foi muito giro e todos os dias tínhamos coisas diferentes para fazer, laser tag, espetáculos no gelo, discotecas...

Há lugares que conhecemos quando vamos ao exterior, cada dia temos um sítio novo para descobrir, para além do espaço interior do navio... Foi uma agradável surpresa, sim. Fiquei com vontade de repetir e de trazer a minha família. Tenho pena de não ter podido trazê-los comigo, não havia essa possibilidade, mas fiquei com vontade de os trazer numa próxima...

Este era um destino de sonho?

Acho que todas as Caraíbas são um destino de sonho para muita gente. Eu só conhecia Havana, Cayo Coco e Varadero. Foi o destino que escolhemos para passar a lua de mel e já foi há muito tempo. A minha mulher, ao ver as fotografias agora, diz-me que tem saudades e também ela está a puxar por mim para a trazer aqui mais uma vez.

Eu acho que as Caraíbas são o destino de sonho de qualquer pessoa... São aquelas praias idílicas que todos temos a ambição de um dia visitar e eu, felizmente, a convite da RFM e da Royal Caribbean [International, empresa de cruzeiros criada em 1968 na Noruega, agora sediada em Miami, na Flórida, nos EUA, uma das maiores do mundo], tive agora esta oportunidade de voltar...

E que outros destinos tem na sua lista?

Gostava muito de ir ver a aurora boreal. Também pode ser num cruzeiro aos fiordes! Gostava muito de ir à Argentina, à Patagónia... Também gostava muito de ir ao Nepal. Há muitos destinos! Este mundo é tão grande que uma vida não chega para o ver todo de lés a lés. Vou tentando, às vezes, com estas oportunidades que sabem bem melhor ainda, que são muito mais em conta, conhecê-lo aos poucos...

Também quero muito ir aos parques da Disney em Orlando com os meus filhotes. Agora, é tudo muito mais feito em função deles e em função de como é que será em termos de experiência melhor para eles desfrutarem mais e, com isso, vou metendo os meus destinos para segundo plano. Se conseguir conjugar as duas coisas, melhor ainda!

Aproveitou algumas das paragens do navio para correr. Treina todos os dias porque gosta mesmo de desporto ou porque a ditadura da imagem assim o impõe nos tempos atuais?

Começou um bocadinho por ser uma preocupação com a imagem. Hoje em dia, já é mesmo um gosto. Gosto imenso de correr. É mesmo a melhor maneira de conhecer um sítio. Logo no primeiro dia, eu e o chef Kiko, assim que chegámos a Miami, fomos fazer uma corrida pela cidade, apesar do calor intenso que se fazia sentir na altura, mas acabamos por conhecer recantos que não teríamos tempo fazendo-o a um passo normal.

Também aproveitei para correr numa das ilhas onde estivemos, a Paradise Island, em Nassau. Corri na areia, o que ainda custou mais um bocadinho. Mas é um pouco as duas coisas... A preocupação com o estado físico e com o corpo e também o gosto pela corrida e pelo desporto.

Hoje [a entrevista foi feita no fim do último dia do cruzeiro da RFM Royal Caribbean Selfie Trip] fiquei arrependidíssimo e cheio de remorsos de não ter ido ao ginásio porque adormeci de manhã mas, como já tinha corrido na praia, já não fiquei assim tão mal comigo próprio...

Aproximam-se as férias de verão, qual é que vai ser o destino deste ano?

Acho que vou voltar a Porto Santo. Mais uma ilha, desta vez nossa, também ela paradisíaca, com águas de temperatura semelhante às das que encontrámos nas Bahamas, mais translúcidas até. São as águas que se conseguem ver a maior distância do mundo, umas vezes a 30 e outras vezes a 40 metros. Tive lá agora uma experiência quando estive a gravar o "Portugal mais perto", um programa que estou a fazer para a RTP1.

Fiz mergulho pela primeira vez enquanto lá estive e adorei a experiência. Se calhar, vou repetir, mas pronto... Este ano, fico-me por Portugal. Apesar de ser numa das nossas ilhas, continuo em Portugal. Porto Santo faz-me lembrar os meus tempos de criança no Algarve, quando passava os três meses de férias em casa dos meus avós e saía de casa de manhã e só voltava à noite, sem preocupações nenhumas.

Estive em Porto Santo o ano passado durante uma semana. Este ano, se calhar volto duas, [porque a ilha] fez-me voltar a sentir essa segurança a qualquer hora do dia ou da noite. Não gosto de repetir sítios de férias mas abri a exceção para Porto Santo porque realmente me fez sentir isso e acho que foi a vez em que estivemos de férias em que os meus filhos fizeram mais dias de praia. Porque a praia é belíssima...

Infelizmente, a vida não é só feita de férias nem de festas. Como é que estamos em termos de projetos profissionais?

Estou a acabar agora as gravações do "Portugal mais perto", que dá às quartas-feiras às 21h00 na RTP1. Ainda me faltam gravar quatro programas... Depois de chegarmos a Lisboa, logo no dia seguinte, vou gravar e andar de balão. É mais uma experiência que fiz na minha infância com os meus pais e que agora repito. Ainda me ficam a faltar mais três programas, um deles será na ilha do Pico e os outros dois no Algarve.

Joana Marques, Ana Galvão e Carla Rocha em entrevista. "O futuro é mais ameaçador para a televisão do que para a rádio"
Joana Marques, Ana Galvão e Carla Rocha em entrevista. "O futuro é mais ameaçador para a televisão do que para a rádio"
Ver artigo

Para além disso, vou continuar com as manhãs da RFM, no "Café da manhã". Também estou a apostar num projeto novo, online, com uns amigos meus. Ainda não sabemos em que plataforma, se será no Facebook ou se será no YouTube. É mais uma coisa para a qual me desafiaram e eu tomei-lhe o gosto. Chama-se "Dangers and dragons".

Faço parte de um grupo que joga este jogo, um role playing game onde cada jogador interpreta uma personagem. É de improviso, mas também tem algumas regras de jogo de tabuleiro e batalhas que são jogadas com dados.

Estamos a preparar-nos para fazer uma atuação, se é que assim se lhe pode chamar, já que começámos isto ainda há tão pouco tempo, na IberanimeLX2019 [o maior evento de cultura pop japonesa do país, nos dias 18 e 19 de maio, na Feira Internacional de Lisboa]. Vamos estar a jogar ao vivo em duas datas. São sessões de mais ou menos três horas. Fizemos uma primeira live session [transmissão em direto] para o Facebook.

E, apesar de não ter feito na minha página de fãs mas sim na minha página pessoal, para ver como é que corria, já tivemos quase 8.000 visualizações num vídeo que tem uma hora e meia. Começámos a perceber que também há público para isto em Portugal, é uma coisa que me está a ocupar algum tempo porque temos que jogar uma vez por semana e treinar e alimentar a página. Vamos ver como é que corre...

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.