Tem a sorte de viver numa habitação com um pequeno jardim, o que lhe permitiu viver o período de confinamento social com outra liberdade, ainda que tenha passado parte do tempo a trabalhar, como revelou nas redes sociais. "Não estou parado, é verdade, porque tenho a aparelhagem suficiente em casa e continuo a fazer locuções, o que me permite ter algum contacto com a minha vida habitual, mas não chega", lamentou Paulo Pires, ator, 53 anos, em declarações à revista TV Guia.

À semelhança do que sucede com a maior parte dos artistas em Portugal, a apreensão em relação ao futuro é grande. "Não sei o dia de amanhã", desabafa. "Não sei quando é que posso voltar a trabalhar. Estava para fazer um filme que nem arrancou. Todos os meus projetos estão em stand by e isso, sim, mexe comigo", confidencia o ator que, durante a quarentena, para além de ler, de treinar e de desfrutar da família, também aproveitou o espaço exterior de casa para plantar e jardinar.

Antes da pandemia viral ter obrigado a medidas drásticas, Paulo Pires mostrava o seu talento para a dança no programa de televisão "Dança com as estrelas", apresentado por Rita Pereira e Pedro Teixeira. "Não sei se é possível retornar aos projeto por causa das condicionantes, mas gostava de voltar a poder fazê-lo mais umas semanas. Não sei se é essa a ideia da TVI mas, se for, contem comigo", disponibiliza-se Paulo Pires, que pode ser visto na nova série da Netflix "White lines".

Gostava de receber mais notícias sobre famosos? Subscreva a nossa newsletter e as nossas notificações para que nada lhe passe ao lado.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.