Quando a luta pela igualdade de géneros na indústria cinematográfica ainda não estava tão ‘acesa’ como está a acontecer atualmente, já existiam verdadeiros exemplos de caráter, como é o caso de Paul Newman.

Em entrevista à BBC, Susan Sarandon, atriz que contracenou com Newman no filme de 1998 ‘Fugindo do Passado’, afirmou que na época o colega lhe deu metade do salário que recebeu na altura.

Segundo a própria, o artista terá ficado bastante indignado quando descobriu que Susan tinha um ordenado inferior ao dele, apesar da sua personagem da trama ter a mesma importância.

“Ele revoltou-se, e disse: ‘Bem, então eu vou dar-te parte do meu [caché]'”, recordou a artista. “Ele era uma joia rara”, elogiou.

Newman acabou por morrer em 2008, mas deixou um legado de justiça e ativismo político.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.