Horas depois de saber que, definitivamente, apenas herdará uma ínfima parcela da colossal fortuna de seu avô Barron, a pobre Paris Hilton fez as malas e foi para as praias do Hawai com a família mais próxima: os pais Kathy e Rick e os irmãos Nicky e Barron.

Fotógrafos que já  apanharam Paris a passear na orla das praias da ilha hawaiana de Maui referem que a jovem não aparenta sinais de desilusão, apesar de ter "perdido", de um só golpe, a perspectiva de  poder vir a herdar  qualquer coisa como 100 milhões de dólares!

Por um lado, a decisão do avô Barron Hilton, que praticamente deserdou todos os filhos e netos ao doar 97 por cento de toda a sua fortuna à Fundação Conrad N. Hilton, para fins de beneficência, não foi propriamente uma surpresa, pelo menos para a irrequieta Paris. O velho multimilionário já por diversas vezes manifestara o seu desgosto em relação ao comportamento escandaloso da neta, ameaçando-a com o corte da "mesada".

Por outro, Paris Hilton não fica propriamente pobrezinha: o avô ainda guardou 69 milhões de dólares (3 por cento do total do património) para eventual repartição entre todos os herdeiros, o que lhe poderá proporcionar um cheque de 5 milhões de dólares, segundo cálculos do jornal norte-americano "Daily News".

E finalmente, é voz corrente nos Estados Unidos que Paris e sua irmã Nicky não são, afinal, tão cabeças no ar como aparentam. Já demonstraram que são bem capazes de ganhar a vida com o seu próprio talento ao facturarem milhões em negócios vários, aparições televisivas e sociais, publicidade, desenhos de roupa, bolsas, jóias e perfumes.

Veremos como Paris Hilton reage a esta adversidade, sendo que, até ao momento, ainda não abriu a boca sobre a decisão do avô. Bronzeia-se, passeia, vai curtindo a vida nas praias do Hawai.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.