No ano passado, Ben Affleck confessou que teve que se submeter a tratamentos para travar a luta contra o vício do álcool.

Agora, em conversa com a revista Grazia, o pai do ator, Timothy Affleck, de 74 anos, afirmou que o mundo de Hollywood acabou por ser responsável pela batalha do filho contra as bebidas alcoólicas.

“A Hollywood é um lugar nojento. Acho que isso teve um grande impacto nos problemas do Ben com a bebida. Acabas por ser forçado a desenvolver outra personalidade que é difícil de abandonar e vais logo para casa para a tua família. Afeta toda a tua vida. Acho que esse é um dos perigos da indústria cinematográfica”, afirmou.

Timothy, que também lidou contra o vício do álcool, referiu que o filho “levou sempre a sério a questão de ficar sóbrio”. “Não há dúvidas disso. Ele quer ter uma vida equilibrada e está a trabalhar nesse sentido”, acrescentou.

Em relação ao fim do casamento de Ben com Jennifer Garner, tendo-se especulado que o ator traiu a agora ex-mulher, Timothy acredita que a fama também terá tido um papel importante na separação. “É muito difícil equilibrar a vida familiar com a fama mundial”, disse.

Mas não é só Ben que tem dado que falar, o filho Casey também tem estado envolvido nos escândalos de assédio. Sobre esse caso, Timothy garantiu que os filhos são “homens gentis e bons”, que “tratam bem as mulheres”.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.