Paco Bandeira pode mesmo vir a ser condenado por violência doméstica contra a sua ex-mulher, Maria Roseta, uma vez que o testemunho de sua filha mais nova, Constança de 13 anos, foi considerado pelo procurador como “o depoimento central” do caso.

O acusador considera que Constança “relatou em tribunal, de forma isenta de controvérsias, o ambiente em casa e a relação entre os seus progenitores e consigo”, o que levou o Ministério Público a pedir a condenação, com pena suspensa, do cantor de 67 anos.

Paco foi, ainda assim, absolvido dos crimes de devassa da vida privada e de maus-tratos à filha, pois o procurador considerou que “os comportamentos desenvolvidos pelo arguido não tinham outro alvo que não a sua companheira” e que “se não fosse a existência de Constança, as consequências seriam mais gravosas”.

Os depoimentos das duas filhas mais velhas de Paco Bandeira, Paula e Maria da Conceição, foram considerados pelo Ministério Público como “irrealistas e fantasiosos”.

A sentença será proferida no próximo dia 13 de julho, no Tribunal de Oeiras.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.