Foi transmitida na gala do 'Big Brother - Desafio Final' deste domingo, 1 de maio, a curva da vida de Leandro, a qual foi repleta de momentos de emoção e choro.

O cantor romântico lembrou as fases mais difíceis da sua vida, começando com a morte da avó.

"O que mais me deixou triste foi no velório. Quando lhe toquei, ela chorou. Aquilo foi apenas a despedida que fez", recorda, notando que tinha 10 anos à época.

Aos 14 anos, a mãe morreu de uma paragem cardiorrespiratória, obrigando-o a mudar de vida. "Tive que largar a escola para ir trabalhar, conseguimos nos sustentar e tirar de lá os meus irmãos", afirma, referindo-se àqueles que foram institucionalizados.

Mas os desafios não se ficaram por aqui. Leandro lembrou ainda a polémica disputa em tribunal que teve com a ex-namorada, Sury Cunha, mãe de um dos seus filhos, Simão.

"A mãe do meu filho tem um namorado que é polícia e que diz ter-me visto a bater na mãe do meu filho. Sou acusado de violência doméstica. Era mentira, fui ilibado das acusações. Passei muito mal, perdi muitas fãs, a vontade de viver", confessa, dizendo por fim que encontrou a felicidade ao lado da atual companheira e do segundo filho.

Leia Também: 'Big Brother - Desafio Final': Débora é expulsa. Eis os novos nomeados

Leia Também: Big Brother: Bernardo Sousa visita Bruna Gomes de forma surpreendente

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.