Jay Leno, o mais popular apresentador de televisão dos Estados Unidos, garantiu que pagará do seu bolso, a partir de agora, os salários dos colaboradores do seu programa, despedidos pela cadeia NBC.

O despedimento colectivo foi anunciado na 6ª feira pela estação de tv. "Devido à impossibilidade de continuar a produzir os shows", refere a NBC num comunicado lacónico, "lamentamos informar que os vossos serviços não são necessários neste momento". Afectados foram os programas de Jay Leno ("The Tonight Show") e de Conan O'Brien ("Late Night").

A produção dos habituais shows da estação norte-americana tem vindo a ser afectada pela greve dos argumentistas, decretada pelo Writers Guild of America, que paralisou grande parte da programação televisiva dos Estados Unidos.

Apesar das limitações de funcionamento impostas pela greve, os colaboradores do "Tonight Show" estiveram na folha de pagamentos da NBC até 6ª feira passada e receberam mesmo a gratificação de Natal que Jay Leno habitualmente dá ao seu staff. O apresentador, logo que a greve foi declarada, reuniu os colaboradores e disse-lhes: "Não posso adiantar pormenores, mas asseguro que ninguém vai perder a casa ou deixar de pagar a prestação do carro. Nós somos uma família. Acreditem em mim, eu trato do problema".

E tratou: neste ultimo sábado, uma fonte próxima de Leno anunciou que o apresentador assegurará "do seu próprio bolso" o pagamento dos salários a todo o staff. Também Conan O'Brien, apresentador do "Late Night", garantiu o pagamento aos seus colaboradores, excepto aos argumentistas, que se mantêm em greve.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.