Júlio César lutou contra um cancro em 2016, mas só tornou a sua batalha pública dois anos depois. Em entrevista a Manuel Luís Goucha, este sábado, para o programa 'Conta-me', da TVI, o ator explicou porque manteve a doença em segredo.

"Eu não venci nada. Quem venceu foram os médicos, foi a ciência e foi quem me tratou", começou por dizer, enaltecendo a assistência médica que recebeu durante todo o processo.

Questionado sobre a razão pela qual manteve a sua batalha em segredo, o artista atirou: "Não há necessidade de andar a dizer às pessoas. Acho que é uma forma de chamar a atenção. [...] Não tenho medo de morrer".

"Mas a maior dor foi ver um filho de 54 anos numa fase muito complicada?", perguntou Goucha, referindo-se aos problemas de saúde que Vítor Hugo, filho do ator, enfrentou em 2019.

"Foi. As famílias pequenas têm isto. Se há um que adoece, tem de lá estar o outro porque não há mais ninguém para ir. E a minha família é muito pequena, tenho um irmão, um filho...", rematou.

Leia Também: Júlio César fala sobre fase "muito complicada" do filho

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.