A morte de Olivia Newton-John “não foi um choque” para os familiares da artista, pois esta “tinha muitas dores”, revelou uma sobrinha.

“Não foi apenas o cancro, foram outras complicações, estar no hospital com um sistema imunitário muito suscetível”, contou Totti Goldsmith ao Australia’s 9 Now News.

“Ela contraiu infeções secundárias. Foi-se realmente abaixo nos últimos cinco, seis dias”, sublinha.

Goldsmith refere igualmente que a estrela de ‘Grease’ sentia muita dor porque as substâncias, à base de canábis, que tomava para a aliviar deixaram de fazer efeito.

“Não foi um choque, sabíamos o quão doente ela estava, sobretudo nos últimos dias”, afirma, notando que se despediu por telefone, uma vez que não conseguiu viajar para os Estados Unidos.

Recorde-se que a atriz batalhava nos últimos anos contra um cancro da mama.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.