Um vídeo protagonizado por Mónica Sofia e Rubim para promover o portal de eventos “VaiBater”, que o casal acaba de lançar no mercado, está a gerar uma onda de polémica.

Nesse vídeo, que já teve quase 100 mil visualizações no You Tube, Rubim está na cama concentrado no seu iPad, enquanto Mónica se aproxima e o tenta seduzir. Ele reage, dá-lhe uma cabeçada que a deixa inconsciente e sai de casa, não sem antes aconchegar a roupa da cama e dar um beijo na mulher…

As reacções não se fizeram esperar. Já há milhares de comentários nas redes sociais, muitos deles criticando este “incitamento à violência doméstica”, e a própria APAV já levantou a sua voz contra o vídeo: “Não se trata de humor. É um vídeo de muito mau gosto que banaliza um assunto muito grave”, disse João Lázaro, vice-presidente daquela Associação de Apoio à Vítima.

Acusações que Rubim hoje refutou em declarações a SapoFama: “A ideia do vídeo é brincar com o nome do portal ‘VaiBater’ e pôr as pessoas a rir pelo ridículo da situação. A nossa intenção foi criar um vídeo viral cómico que pusesse as pessoas a rir. Claro que se as coisas forem deturpadas é fácil criar polémica”.

O empresário negou ainda que a intenção fosse, precisamente, criar uma onda de polémica que os ajudasse a promover o portal: “Claro que não. Já sabíamos à partida que num país onde existem vítimas de violência doméstica, algumas pessoas não iriam perceber o conteúdo do vídeo. Se eu tiver um filho cego e vir um vídeo em que se utiliza um cego provavelmente não vou achar piada… Acontece sempre, com quase tudo o que se faça. Existe sempre alguém do contra e que não acha piada a nada, seja lá o que for… O ‘feedback’ que nós temos é que cerca de 90% das pessoas que vêm o vídeo o acham cómico e ridículo”.

“Se calhar até acaba por ser bom e pôr as pessoas a pensar nestas coisas e sensibilizá-las. Daí a pensar que alguém que veja o vídeo vai a correr bater na mulher ou dar-lhe uma cabeçada… Não me parece que isso tenha alguma lógica”, acrescentou Rubim.

O marido de Mónica Sofia revelou, ainda, a SapoFama que existe já um segundo vídeo promocional do “VaiBater”, um portal especializado no anúncio e promoção dos mais variados eventos: “Estas coisas não são feitas à toa. Nós já temos um segundo vídeo gravado com uma atitude feminista por parte da Mónica e depois vamos ver qual vai ser a reação das pessoas… Porque tenho a certeza de que se fosse o contrário e a Mónica me desse uma cabeçada a mim, ninguém diria: ‘coitadinho, ela bateu-lhe’…”, concluiu o empresário.

(Clique em Fotos, por cima da imagem, e veja como foi a festa de lançamento do portal “Vai Bater”).

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.