A meia-irmã de Meghan Markle, Samantha Markle, foi barrada à porta do Palácio de Kensington este fim de semana, depois de ter tentado visitar a duquesa de Sussex.

Samantha chegou a Londres há cerca de uma semana numa tentativa de “enviar uma mensagem” a Meghan e este sábado dirigiu-se ao palácio onde a duquesa e outros membros da realeza vivem.

A meia-irmã da ex-atriz, que sofre de esclerose múltipla, foi empurrada pelo companheiro numa cadeira de rodas e, como mostram as imagens divulgadas pelos meios de comunicação internacionais, foi vista a falar com os seguranças. Fotos mostram ainda o parceiro de Samantha a entregar uma carta ao polícia.

No Twitter, Samantha partilhou a notícia sobre o sucedido e escreveu: “Todos gostariam de saber o que está [escrito] naquela carta”.

Ambas já não falam há anos e Samantha tem vindo a criticar Meghan por causa de esta estar distante do pai, Thomas Markle. De referir que nem a meia-irmã nem o progenitor estiveram presentes no casamento da duquesa em maio.

Em conversa com o canal britânico Channel 5 na semana passada, Samantha explicou que “sempre quis visitar Londres”, mas esta viagem serviu principalmente para “expressar os desejos e os sentimentos do pai”. “Espero fazer chegar uma mensagem à minha irmã”, acrescentou.

Além disso, Samantha disse ainda que se tivesse a oportunidade de falar com a mulher do príncipe Harry lhe diria que o que aconteceu “são águas passadas” e reconheceria que os problemas entre ambas ficaram “fora do controlo”.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.