Este mês, a especialista em realeza, Katie Nicholl, confirmou que o príncipe Harry e Meghan Markle estariam no Reino Unido na altura em que aconteceria uma audiência relativa ao processo que colocaram contra o Mail on Sunday.

Lembre-se que Meghan abriu o processo depois da publicação ter partilhado uma carta privada que esta escreveu ao pai.

Contudo, a revista People apurou agora que os advogados da duquesa de Sussex pediram que a data fosse adiada, assim para que o julgamento fosse encurtado.

A ideia é que não seja necessária a deslocação de Markle.

Importa ainda notar que apesar de terem surgido uma série de informações que davam conta de que Harry iria a Inglaterra em dezembro, as mesmas acabaram por ser colocadas em causa. Ou seja, só se saberá quando chegar essa altura...

Leia Também: Harry enviou um aviso legal a jornal após notícia "difamatória e falsa"

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.