Depois da contratação da terceira ama, Meghan Markle e o príncipe Harry têm estado em grande destaque na imprensa internacional pela forma como tratam as funcionárias que tomam conta do pequeno Archie, que completa dois meses este sábado.

Com isto, vieram a público informações sobre a inflexibilidade do casal para com as mulheres que ocupam o cargo.

O The Sun apurou junto de uma fonte que, ainda antes de qualquer contratação, já se faz sentir pressão. Consta que a antiga atriz submete as candidatas a ama a um "processo humilhante" de recrutamento.

A ideia do casal é aumentar a equipa de amas para que, após o fim da licença de maternidade, os cuidados com o pequeno Archie sejam distribuídos por turnos.

Contudo, prevê-se que a formação da equipa seja um longo processo, uma vez que no espaço de dois meses já foram despedidas duas funcionárias que cumpriam as funções de ama.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.