Madonna estreou-se nos palcos nacionais há precisamente 15 anos. A cantora norte-americana, que atualmente tem casa na capital, atuou pela primeira vez em Portugal a 13 de setembro de 2004. Lisboa, para onde se mudaria em agosto de 2017 insatisfeita com a eleição de Donald Trump como presidente dos EUA e com o objetivo de pôr um dos filhos a aprender futebol, foi a cidade que encerrou a tournée "Re-invention world tour".

Nos dois espetáculos que deu no Pavilhão Atlântico, hoje rebatizado Altice Arena, Madonna faturou mais de 3,28 milhões de dólares, cerca de 2,9 milhões de euros. 66.920 espetadores assistiram ao concerto, 33.460 em cada um dos dois dias. Entre eles estava Leonor Noronha, uma fã que tinha desembolsado mais de 150 euros pelo bilhete mas que, ainda assim, decidiu concorrer a um passatempo promovido pela RTP.

A lista não para de aumentar. 25 celebridades internacionais que escolheram Portugal para viver
A lista não para de aumentar. 25 celebridades internacionais que escolheram Portugal para viver
Ver artigo

Foi uma das vencedoras e, na companhia de um amigo e dos outros vencedores e convidados, teve a oportunidade de assistir ao espetáculo num local privilegiado, um fosso criado dentro do palco, onde a cantora foi várias vezes.

"Foi brutalissímo estar a menos de um metro da grande artista da pop mundial. E foi fabuloso saber histórias de bastidores porque, mesmo ao pé de nós estavam os pais de uma das bailarinas, a Tamara [Levinson, um dos 13 dançarinos], com quem acabámos por conversar imenso. Foi um concerto memorável", recorda Leonor Noronha.

"Nunca haverá palavras que descrevam aquela experiência única e memorável", garante a admiradora da intérprete de êxitos globais como "Vogue", "Into the groove", "Holiday" e "Papa don't preach", canções que interpretou no Pavilhão Atlântico, em Lisboa. A cidade para onde haveria de se mudar temporariamente no fim de agosto de 2017 e onde acabaria por adquirir uma casa, fonte de inspiração do novo disco, "Madame X".

Na altura, Madonna gravou os dois espetáculos da digressão em Lisboa com a pretensão de lançar posteriormente o DVD "Re-invention tour - Live in Lisbon". Além de um ecrã gigante avariado, houve problemas na captação de som, o que inviabilizou o lançamento do registo. A situação fez com que a artista se recusasse a pagar ao realizador Hamish Hamilton, que acabaria por levar a cantora norte-americana a tribunal.

15 anos depois, a intérprete de "Medellín" e "Crazy for you" prepara-se para iniciar uma nova digressão que a trará novamente à capital portuguesa no início de 2012 para oito espetáculos. Madonna atua no Coliseu de Lisboa entre 12 e 23 de janeiro. A "Madame X Tour" estreia na próxima terça-feira, dia 17, na BAM Howard Gilman Opera House, em Nova Iorque, nos EUA. Nas redes sociais, são muitos os vídeos dos ensaios.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.