Kanye West alegou que "não tinha permissão" para participar na festa da filha Chicago, organizada pela família Kardashian.

A menina completou quatro anos e contou com uma comemoração no sábado, 15 de janeiro.

Nas redes sociais, o rapper disse aos fãs, enquanto estava a conduzir o carro em Los Angeles: "Só estou a desejar publicamente um feliz aniversário à minha filha. Não tenho permissão para saber onde era a festa dela", alegou.

"Estou a falar disto publicamente porque preciso do vosso apoio", continuou. "Liguei para a Kim, mandei uma mensagem para as babysitters, liguei ao Tristan, ele disse que ia perguntar à Khloé, ninguém me vai dar a morada da festa de aniversário da minha filha agora, e isso vai ficar marcado. Ela vai lembrar-se que eu não estava lá para ela", acrescentou, segundo o Page Six.

Por sua vez, várias fontes contaram que Kim Kardashian "ficou chocada" com o ex-marido, quando este alegou que "não tinha permissão para saber onde era a festa".

"Ele teve sempre planeada a sua própria festa para a Chicago. Ele iria fazer às 4h da tarde no seu escritório no centro de Los Angeles, então é muito frustrante que tenha invadido a festa da Kim e criado esta narrativa de que não foi convidado", disse uma fonte, explicando que o ex-casal concordou em ter "duas festas separadas" e que esta foi uma ideia de Kanye.

Horas depois do desabafo público, Kanye West foi visto na festa de aniversário da filha, junto da família Kardashian.

E depois de toda a polémica, Kanye West decidiu deixar um agradecimento público a Kylie Jenner e Travis Scott, alegando que foi o casal que o deixou participar na festa do 4.º aniversário de Chicago.

De recordar que a comemoração juntou os anos de Chicago e da prima Stormi, filha de Kylie Jenner e Travis Scott.

"Agora estou feliz, acabei de chegar da festa da Chi", disse o rapper num outro vídeo, no sábado. "Só tenho a agradecer ao Travis Scott por me ter enviado a morada e a hora, e garantir que eu pudesse passar este dia marcante com a minha filha".

"Acabei de os ver a todos. Estava lá a Kris [Jenner] e Corey [Gamble] e Kylie. A Kylie deixou-me entrar quando cheguei ao local, porque a segurança 'barrou-me' mais uma vez quando lá cheguei", acrescentou.

"A minha vida gira à volta dos meus filhos. E eu diverti-me muito hoje", realçou ainda o artista, atualmente conhecido como Ye.

Leia Também: Clã Kardashian: A festa de aniversário de Chicago e Stormi

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.