Um dos temas do programa ‘Queridas Manhãs’, da SIC, desta segunda-feira foi o topless. Durante a discussão do assunto, com as convidadas Lúcia Garcia e Laura Galvão, Júlia Pinheiro confessou ser adepta de topless.

“Fiz topless durante muito tempo. Até não ser possível estar numa praia e repararem que era eu e também depois de ter tido gémeas, de facto, as coisas que olhavam para o sol agora olham para outro sítio”, começou por dizer a apresentadora, referindo que também já fez nudismo. “Até aos meus 20 anos, até me casar, até me aparecer a vida pública… Sou uma das pioneiras do Meco”, afirmou.

“No passado era complicado. Quando eu fazia estas coisas, que já foi há 30 e muitos anos, por exemplo, não havia legislação. Haviam praias que estavam consignadas, mas toda a gente sabia que não havia uma moldura legal. Hoje é permitido fazer nudismo desde que seja em sítios determinados. A mim não me incomoda nada ver os outros, acho é que socialmente é complicado”, explicou ainda.

Júlia Pinheiro não ficou por aqui e acrescentou: “Se não houvesse paparazzi e as câmaras de telemóvel que apanham tudo, não sei se não seria apanhada [a fazer topless]. Oh alegria de natureza. Fora de Portugal… Mas mesmo fora de Portugal há sempre uma câmara indiscreta. Nos sítios mais improváveis do universo há sempre um português com uma máquina fotográfica ou com um telemóvel”.

Por sua vez, o apresentador João Paulo Rodrigues disse: “Não me incomoda nas outras mulheres. [...] Mas se alguém que está comigo fizer, vou ficar assim um bocadinho a olhar para ela. Vai-me incomodar um bocado, mas é uma questão minha”.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.