Joe Exotic "não ficou chocado" com a notícia da morte do colega, o tratador de animais que faz parte da série 'Tiger King', Erik Cowie. O homem, de 53 anos, foi encontrado já sem vida e as causas da morte permanecem desconhecidas.

Joe Exotic, de 58 anos, disse ao Daily Mail que Cowie sofria de um problema de abuso de álcool e tinha procurado tratamento.

"O Erik Cowie teve o que merecia", disse Exotic. "Nunca desejo mal a ninguém. Deus está a observar", acrescentou.

"Não estou chocado. Eu levei-o para a reabilitação em Ardmore, Oklahoma, e ainda lhe dei uma casa e um emprego", continuou, destacando que uma das últimas vezes que falou com Cowie este tinha sido demitido por estar bêbado e por não ter comparecido a um trabalho que lhe arranjou.

"Vi-o no meu julgamento, quando ele estava [sentado] a mentir porque precisava de ficar no meu zoo", lembrou ainda.

Leia Também: Morreu Erik Cowie, tratador de animais do documentário 'Tiger King'

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.