Durante um dos recentes programas 'Red Table Talk', no Facebook, Jada Pinkett Smith falou do passado com drogas e da forma como recorreu às substâncias numa altura em que se encontrava em depressão.

A mulher de Will Smith começou por mencionar a morte de Mc Miller, em setembro deste ano, que se deveu a uma overdose. Jada confessou que lhe poderia ter acontecido o mesmo.

"Quando soube das circunstâncias, compadeci-me com ele porque sabia que poderia ser eu facilmente", afirmou.

"Eu era igual. Durante a minha depressão, usava ecstasy, bebia muito e fumava cannabis, paratentar apenas encontrar paz na minha mente", rematou.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.