Inês Herédia respondeu a uma série de perguntas mais curiosas durante o videocast 'É Preciso Ter Lata', apresentado por Rita Rugeroni e Pedro Ribeiro. Mãe dos gémeos Luís e Tomás, concebidos através de fertilização in vitro, a atriz contou como vai reagir quando os meninos lhe perguntarem sobre o pai.

"Nunca lhes vamos mentir, vão saber sempre a verdade sobre como é que foram concebidos. Não têm pai, é o que eles vão saber, têm um dador, têm a sorte de ter duas mães e têm 500 mil tios que os adoram e um avô que é completamente babado por eles. Se quiserem chamar pai a algum tio não há problema nisso. No Dia do Pai vai o meu pai, o meu tio, o meu irmão, o outro irmão, vai quem for preciso", garantiu, evidenciando a sua enorme estrutura familiar.

No mesmo âmbito, Inês garantiu que nunca foi beneficiada pelo facto de estar casada com Gabriela Sobral, muito pelo contrário.

"O facto da minha mulher ter sido diretora de um canal fazia com que eu não pudesse ter as oportunidades que outras atrizes tinham precisamente por ser mulher dela. A minha passagem para a TVI foi muito feliz porque conseguiram finalmente olhar para mim pelo meu talento e a Gabi chegou depois, estou lá há mais tempo. Já foi um problema na minha vida, tenho de desconstruir isso", afirmou.

Leia Também: Inês Herédia revela traição de "amiga": "Tentou travar-me porque era gay"

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.