Um outro homem envolvido no processo em tribunal aberto após a morte de Mac Miller por overdose, em 2018, foi condenado a 17 anos e meio de prisão, revela o Page Six.

Stephen Andrew Walter, de 48 anos, foi condenado culpado pela distribuição de fentanil em novembro de 2021, segundo apurado no processo.

Esta segunda-feira, 16 de maio, o juiz decidiu que Walter iria passar 17 anos e meio atrás das grades e cinco anos em liberdade condicional.

Segundo a revista Rolling Stone, o arguido demonstrou-se arrependido pelos seus atos.

“Não sou o género de pessoa que quer magoar alguém. Esse não sou eu. Mas é mentira o que diz nos documentos. Não continuei com o mesmo comportamento depois de saber que tinha havido uma morte, isso não é verdade”, sublinhou.

Note-se que o réu garantiu que vendeu as drogas a Cameron Pettit (outro dos envolvidos no processo judicial), acreditando que era este que as iria consumir.

“Continuo a assumir a responsabilidade por tudo o que aconteceu, mas ele nunca me disse que as substâncias eram para outra pessoa. Ele tinha experiência em consumir. Pensava que eram para ele - para uso pessoal. E depois ele entregou ao McCormick, juntamente com cocaína e Xanax. […] Dois dias depois, quando se deu a overdose, o Cameron nunca me telefonou para falar sobre o assunto ou para me dizer que tinha alguma coisa a ver. Não fazia ideia que alguém tinha morrido. Se soubesse, tinha mudado”, declarou.

Walter é uma das três pessoas envolvidas no processo da morte de Miller, cujo nome verdadeiro é Malcolm James McCormick. O rapper morreu a 7 de setembro de 2018, aos 26 anos.

No passado mês, Ryan Michael Reavis, outro dos acusados, foi condenado a mais de 10 anos de prisão.

Leia Também: 'Dealer' condenado a mais de 10 anos de prisão por overdose de Mac Miller

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.