'Não Olhem para Cima' é o novo filme que junta algumas das maiores estrelas de Hollywood, entre elas, Meryl Streep e Jonah Hill. Na verdade, conforme o ator confessou numa entrevista que deu a Jimmy Fallon esta semana, ficou tão feliz por ter tido a oportunidade de trabalhar ao lado da veterana que fez questão de a elogiar em todas as entrevistas que deu para promover a trama.

Acontece que houve uma falha de comunicação em relação ao elogio, segundo Jonah explicou.

"Ela é tão fixe. Há pessoas que vão a talk shows dizer que este é fixe, aquele é fixe, mas a Meryl Streep é mesmo fixe. Ela é a melhor atriz, como tenho dito durante as entrevistas sobre este filme", começa por referir.

"Nas últimas entrevistas disse sempre que tinha trabalhado com a Meryl e que para mim ela era a GOAT, o que como sabem significa Greatest Of All Time [Melhor de Todos os Tempos, em português]. É um acrónimo que usas para [pessoas como] o Michael Jordan, o Jay-Z, para quem admiras", explica.

"Durante semana toda disse que estava a trabalhar com a melhor, que ela era a GOAT. Hoje estávamos a fazer uma conferência de imprensa e ela disse: 'O Jonah sente-se tão à vontade comigo que me tem chamado cabra [goat, em inglês] a semana toda'. E eu fiquei do género: 'mas que cara***?'", acrescentou, incrédulo com a situação.

"Ela estava a dizer isto e a Jennifer Lawrence explicou-lhe. Ela é tão fixe que nem ficou ofendida. Pensava que eu adorava-a e que por isso a chamava de cabra", notou, referindo que quando percebeu, Meryl agradeceu-lhe os elogios.

Leia Também: 'Não Olhem Para Cima' é um dos próximos grandes filmes da Netflix

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.