José Castelo Branco e Flávio Furtado

Flávio Furtado, comentador do reality-show da TVI “Luta pelo Poder”, e José Castelo Branco, estrela do mesmo programa, envolveram-se numa “peixeirada” que está a fazer as delícias dos apreciadores do género.

Tudo começou na passada sexta-feira, quando Flávio abriu as hostilidades em direto, nestes termos:

“O José Castelo Branco diz que os concorrentes são pirosos, mas ele precisa tanto deste programa como os restantes que lá estão. No Natal, um amigo meu teve de lhe ir levar comida a casa porque ele e a Betty não tinham o que comer. É um triste, um coitado. Chegou a roubar toalhas e até papel higiénico num hotel”, afirmou, entre outras coisas, o comentador.

O vídeo destas declarações foi mostrado a Castelo Branco na gala do passado domingo e o “conde” reagiu com ferocidade: “Se ele (Flávio) estivesse aqui à minha frente, dava-lhe dois estalos, que eu agarro o toiro de frente...”.

No direto de ontem à tarde (segunda-feira), Flávio Furtado juntou-se a Teresa Guilherme para uma conversa que a apresentadora pretendia que fosse de reconciliação, mas que acabou por transformar-se num verdadeiro lavar de roupa suja.

Confrontado com a presença de Flávio Furtado, Castelo Branco começou por dizer que não conhecia o comentador, mas este não lhe deu hipótese de continuar.

“Claro que conhece, Zé (Castelo Branco). Não diga que não me conhece, porque durante muito tempo alimentou-se em minha casa. Aliás, tudo aquilo que eu disse no ‘Extra’ de sexta-feira é muito mais do que aquilo que lhe mostraram, mas muito menos do que aquilo que lhe disse a si quando fui buscá-lo ao hotel, porque o Zé foi expulso do hotel. Só lhe quero dizer uma coisa: fale sobre mim e sobre tudo aquilo que sabe, fale sobre a forma como tratava os empregados dos restaurantes, fale sobre os doze mil euros de joias que vendeu à Sandra e das quais não lhe passou recibo, fale sobre tudo isto, mas tenha muito cuidado com o que diz sobre o Zé Maria (vencedor do primeiro ‘Big Brother’) e sobre o ‘Ikas’, porque o Zé (Castelo Branco) tem de conseguir provar aquilo que diz porque senão vai acabar no lugar onde devia estar, que é na cadeia” começou por dizer Flávio Furtado.

Castelo Branco não se ficou: “Quem devia estar na cadeia era o senhor Flávio Furtado, mas eu não vou responder porque não vou descer ao nível dele. Os cães ladram e a caravana passa e não tenho mais conversas com esse senhor”.

Declarações que Flávio não deixou sem resposta: “Eu também só não entrei ontem na casa para não descer ao seu nível, mas gostava de lhe dizer uma coisa: eu não sou bicha ressabiada, ao contrário de si, e de si só invejo a lata, o descaramento e a falta de vergonha. Ressabiado é você, eu sou muito bem resolvido”.

Teresa Guilherme bem tentou, mas não houve maneira de conseguir que comentador e convidado da “Luta Pelo Poder” se entendessem.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.