O próximo programa do '5 Para A Meia Noite' irá ser no mínimo especial, não só porque é o último da temporada, como também porque um dos convidados será Manuel Luís Goucha.

Foi precisamente sobre isto que Filomena Cautela falou com Tânia Ribas de Oliveira no programa ‘A Nossa Tarde’, aproveitando para explicar a inimizade que se verificou entre os dois no passado.

"No primeiro ano do '5 Para A Meia Noite' fiz uma piada muito estúpida da qual, na verdade, não me orgulho muito. O Manuel Luís Goucha pôs um processo ao '5 Para A Meia Noite', ao meu programa especialmente", começa por explicar.

Foi um processo longo, público, as pessoas falaram sobre isso na altura, houve um recurso, foi bastante complexo. Eu sempre achei que o Manuel tinha o direito de processar, como toda a gente que se sente melindrada tem o direito de processar por alguma coisa que é dita em público", continua.

"Durante muitos anos eu nunca falei com o Manuel Luís Goucha. Nós encontrámo-nos em alguns sítios públicos e era assim sempre uma coisa um bocado esquisita. O Manuel sempre foi de uma educação e de uma elevação que lhe é característico, pelo enorme profissional que é", acrescenta.

"Eu que tinha toda a vontade de dizer mal nunca consegui, porque de facto é um profissional que eu admiro muitíssimo, é um homem com uma elevação e uma inteligência raras em televisão e com uma carreira absolutamente rara", sublinha.

Posteriormente, Filomena contou que na primeira vez que fez o convite a Manuel, o apresentador não aceitou. Contudo, a perseverança da apresentadora acabou por dar resultados.

Na mesma conversa, a apresentadora do '5' falou ainda de uma das fases mais difíceis por que passou. Assista à conversa.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.