Príncipe André prestou declarações inéditas à BBC Newslight sobre o escândalo sexual do amigo Jeffrey Epstein, bilionário que morreu em agosto depois de ser condenado por abuso de menores e por liderar uma rede de tráfico sexual.

Dada a proximidade a Epstein, o filho de Isabel II enfrenta duras alegações, das quais sempre se declarou inocente. Contudo, não deixa reconhecer a gravidade de toda a polémica.

"Fiquei com ele e isso... Martirizei-me por isso diariamente, porque não foi algo digno de um membro da família real. Nós tentamos manter os mais altos padrões e práticas e eu desiludi esse lado. É tão simples quanto isso", afirmou.

Leia Também: A família real vai ter mais um casamento em 2020

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.